Que tal aprender um monte sobre as pérolas?




Difícil encontrar quem não se encante com a delicadeza de uma pérola, né? Há milhares de anos elas são usadas por diferentes povos em diferentes maneiras de adornar. São super atemporais, adentrando o mundo da joalheria com leveza e trazendo seu brilho para quem escolhe tê-las por perto.


As pérolas são material orgânico duro, produzido no interior de ostras e moluscos (que vivem tanto em águas salgadas como doces) quando um corpo estranho invade seu organismo. Sua formação acontece quando o molusco cobre esse “intruso” com repetidas camadas de nácar como reação de defesa. O nácar é composto quase exclusivamente de carbonato de cálcio (sob a forma de cristais de aragonite) e por uma substância proteica denominada conchina.


Aproximadamente 95% das pérolas comercializadas no mundo são cultivadas. Neste processo, são implantadas pequenas sementes dentro dos moluscos para que produzam as pérolas. Uma ostra precisa de, no mínimo, cinco anos para produzir uma pérola de tamanho médio. A natureza e seu tempo rei, que sabe bem como fazer as coisas mais incríveis que podemos imaginar!


As simpáticas e vistosas "bolinhas" são uma das primeiras gemas conhecidas pelo homem, sendo utilizadas como adorno há cerca de 6000 anos. Também é considerada a gema dos cancerianos, está ligada à lua, às águas e ao feminino.


E as conexões se fazem ainda maiores quando pensamos que essas maravilhosas gemas orgânicas estão sintonizadas com as fases da lua, que controlam as mudanças das marés. As ostras são femininas por natureza, tanto em sua manifestação física quanto pelo fato de conter um objeto embrionário dentro delas. Também representam o principio Yin da feminilidade criativa.



Para os hindus são as “lágrimas congeladas” nascidas do contato das nuvens com as águas, assim como para os deuses na mitologia persa. No panteão grego, acreditava-se que ela nasceu junto com Afrodite, deusa do amor e da beleza, também chamada de “Pérola do Mar”. No Candomblé, a Iemanjá, mãe dos Orixás, é representada com pérolas em diversos rituais. No ano novo, por exemplo, pérolas sintéticas são oferecidas em cestos lançados ao mar como oferenda. Muita gente já deve ter visto este ritual simbólico.


Aumentando ainda mais o valor e beleza das pérolas, percebemos que elas são perfeitamente imperfeitas, dificilmente serão encontradas duas pérolas idênticas. Cada uma possui sua identidade e ter algum tipo de imperfeição faz parte da natureza. Para a confecção de brincos é preciso encontrar o par mais parecido o possível, sendo que a cor, o formato e o tamanho, precisam ser cautelosamente observados.


Na Índia, os praticantes da antiga medicina Ayurveda utilizam as fórmulas à base de pérolas da antiga alquimia. Aplicam estas fórmulas para curar problemas digestivos e de visão, além da crença de que elas são úteis para garantir virilidade e longevidade.



Atualmente, no Japão e na China, o pó de pérola é vendido como fonte de cálcio para manter a vitalidade e a longevidade. A composição da pérola é 95% de cálcio e os outros 5% são compostos por sais minerais e materiais orgânicos.


As pérolas foram difundidas graças ao trabalho de ourives italianos de Veneza, Milão e Palermo. Nessa época, eram comercializadas com a corte real de Palermo e com elas os artesãos criavam joias com características bizantinas. Entre os séculos XII e XIII, houve um crescimento da aplicação de pérolas sobre as roupas. Os bordados eram fixados aos tecidos por fios de ouro e de seda, pois era muito mais fácil do que encrustar nas joias.


Coco Chanel popularizou o uso da pérola depois de ganhar uma joia de família de seu amante, o Duque Dmtri Pavlovich. Chanel nunca abandonou seu colar de seis voltas, tendo sido vista, inclusive, montando a cavalo com ele. Como eram sua paixão, se tornaram ícone da marca.


Muitas curiosidades interessantes sobre essas pequenas e delicadas preciosidades, né? Esperamos que você tenha gostado!


Com amor,

Camila Lovisaro.





0 visualização
Quer receber as novidades do Ateliê?

WhatsApp  |  11. 98266.0722

WhatsApp  |  11. 98270.2141

contato@ateliecamilalovisaro.com.br

Políticas do site

  • White Instagram Icon
logo-whatsapp-png-13-transparent.png

@2019 por Ateliê Camila Lovisaro.